fbpx

5 dicas para aumentar a confiança ao falar inglês

Você sabe a diferença entre Frágil e Antifrágil?
O que é Frágil, é fraco e quebra fácil, o que é robusto, não quebra fácil, mas é sempre do mesmo jeito, não evolui nunca, mas o que é antifrágil além de não ser fraco e nem quebrar, fica melhor a cada situação de estresse, então precisamos construir uma autoconfiança antifrágil, que a cada situação adversa ou erro, fica ainda melhor. O melhor exemplo de antifrágil são os nossos músculos, quanto mais exercitamos, melhor eles ficam, por isso escrevemos 5 dicas pra colocar em prática hoje mesmo e construir em você e em seus filhos uma confiança antifrágil ao falar idiomas.

Se estiver no começo do aprendizado, esse artigo é muito importante te ajudar a ser mais confiante desde o início, mas se você já sabe se comunicar e está cometendo os erros abaixo, leia o post para acabar de vez com o medo de falar inglês e turbinar sua confiança!

Se faça as perguntas abaixo:

Fica nervoso e/ou trava ao falar inglês (mesmo que saiba o que falar)?

Se irrita se comete algum erro?

Deseja esconder seu sotaque?

Se compara a nativos ou outros estudantes de inglês?

Sente que seu inglês nunca está bom o bastante?

Se você respondeu SIM para pelo menos três das perguntas acima, você precisa melhorar sua confiança!

Por isso preparamos cinco dicas práticas pra começar hoje a turbinar sua confiança e decolar no aprendizado ou uso da língua inglesa (ah, funciona com qualquer idioma tá?)

1 – Encare o medo, faça coisas que te assustam!

Você tem medo ou fica nervoso ao falar com nativos ou estudantes avançados?
Como eu disse no começo, a confiança é como um músculo, quanto mais exercitamos, melhor ela fica, e nada melhor do que enfrentar seus medos para exercitar sua confiança. Sair da zona de conforto é a chave pra isso, se você tem medo de gravar vídeos e coloca-los no YouTube, faça isso (em inglês ou no idioma que estiver estudando), ainda que em modo “não listado” mande para as pessoas mais próximas e que você acredita que irão te apoiar, que só você e essas pessoas vejam, ao se ver na tela falando no outro idioma, que sejam poucas sentenças, vai te dar uma visão de si mesmo muito melhor. Se acha que ainda não está a ponto de gravar vídeos e que não vai sair nada, procure por sites de serviços como hotéis ou parques, por exemplo a Disney, algum lugar que lhe desperte interesse, em um país de língua inglesa, entre no site da empresa e procure pela área de contato, se o site tiver um chat, bingo! Pergunte sobre o que você gostaria de saber sobre o lugar, assim você sai da zona de conforto e conversa com um nativo.

2 – Não se desculpe por seus erros.

Sempre que você fala “Sorry for my English”, está dando a entender que não sabe nada em inglês e não está dando valor pra tudo que já aprendeu, então pare de pedir desculpas pelo erro e continue a conversa naturalmente. Procure a letra de uma música que goste (e seja fácil é claro) na internet, leia algumas vezes e depois tente cantar junto, você vai ver que consegue cantar e entender muito melhor, portanto comemore por isso, vai te ajudar muito!

3 – Permita-se cometer erros, são eles que nos ensinam na vida real.

Cometer erros é normal (errar é humano, não é mesmo?), quanto antes você aceitar que erra e se desprender disso, melhor! Aprenda com seus erros, seus erros do passado te fizeram chegar aonde chegou, seus erros do futuro ainda não existem, então não se preocupe. “Don’t worry, make a mistake!”

4 – Não se importe com o que os outros pensam.

Sei que é mais fácil falar do que fazer, mas você precisa parar de pensar e se importar com o que os outros pensam, você sabe que sempre precisa melhor, mas pensar que os outros vão lhe julgar não ajuda em nada. Muitas vezes pensamos tanto que os outros estão nos julgando, quando na verdade nosso maior “juiz” somos nós mesmos e os outros não estão nem aí para a forma com que falamos no outro idioma, o importante é comunicar.

5 – Pratique mais, sempre.

E por último e mais importante, pratique mais, quanto mais você pratica, melhor fica!

Por que você dirige pra casa sem pensar no caminho? Por que escova os dentes sem olhar no espelho onde estão seus dentes? Por que você faz isso todo dia! Todo mundo que faz alguma coisa bem, é porque praticou isso várias vezes, quiçá diariamente, então se você quer falar outro idioma como se estivesse escovando os dentes, comece a praticar todos os dias!

Agora você tem os passos para melhorar sua confiança, mas e como aplicar isso em seus filhos?

Como aplicar as dicas com seus filhos:

1 – Ajude seus filhos a encararem o medo

Seu filho pode ficar com medo ao falar inglês em público ou na frente de outras pessoas. Mesmo que ele ainda não saiba muita coisa, ou saiba apenas os números e as cores, vá a algum lugar público, como uma praça ou um parque e estimule-o a falar em inglês, um exemplo é pedir para ele falar as cores das coisas que tem ao redor ou contar até 10 em inglês, durante alguma brincadeira, como amarelinha, por exemplo.

2 e 3 – Não pressione seus filhos para acertarem sempre

Seus filhos não precisam aprender tudo desde cedo, eles precisam de incentivo e ficar corrigindo os erros e acusando de não ter aprendido, não ajuda em nada e atrapalha muito na confiança, por isso quando seu filho errar, apenas fale a mesma coisa em português e depois em inglês, misturar também vale, se quiser que ele entenda melhor o que quer dizer, você pode misturar os dois idiomas no momento em que mostra alguma coisa, por exemplo, essa TREE é verde e TALL, não é mesmo? (Essa ÁRVORE é verde e ALTA, não é mesmo?)

4 – Não compare seus filhos com ninguém

Nunca compare seu filho com os outros, pois cada um tem seu próprio ritmo de aprendizado, pelo contrário, sempre o mantenha motivado, se ele perceber que consegue falar uma palavra nova por dia, ficará muito mais motivado em aprender e sua confiança aumentará muito. Quando adulto, dificilmente irá se importar com o que os outros pensam, pois será muito confiante.

5 – Pratica diária

Existe uma técnica que se chama TP (Time and Place), que consiste basicamente em definir uma hora e lugar, para diariamente falar apenas em inglês, se você sente que não está pronto para ter conversas totalmente em inglês com seus filhos, faça de um momento que acontece diariamente, o momento de ensinar alguma coisa em inglês pra ele, por exemplo, na hora do banho, que acontece todo dia, fale algumas coisas do banheiro pra ele em inglês, no outro dia pode falar dos sentidos, como “frio”, “quente”, “molhado”, etc., se você não sabe como falar essas coisas, basta procurar a tradução dos objetos que tem no banheiro antes de começar o banho e depois é só usar! Lembre-se, a frequência leva a excelência!

Por hoje é isso!